Desaparecidos

ajude a encontrar estas pessoas

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Marcelo diz que Nado deixou dinheiro em conta; Jaelson diz que ele deixou dívidas

PILÕEZINHOS (PB) – O vereador Marcelo de Beto (PMDB) utilizou as redes sociais nesta segunda-feira (02) para lembrar que a nova gestão recebeu dinheiro nas contas, aproximadamente 400 mil reais. O peemedebista cobrou que a prefeita Mônica Cristina (PSDB) diga quando vai pagar aos funcionários os salários de dezembro.
O parlamentar está estranhando a divulgação de débitos junto à Energisa se o município tem dinheiro em caixa, deixado pela gestão de Nado Mendes (PMDB). “Eu quero que digam quanto ficou nos cofres públicos, o dinheiro dá pra pagar os funcionários e a conta de energia”, manifestou Marcelo.

O vereador Jaelson Monteiro (PSDB), lamentou as cobranças de Marcelo. Para Monteiro, é um absurdo cobrar soluções da prefeita que não teve acesso nem aos dados bancários ainda. Jaelson também criticou Marcelo por tentar defender uma administração que foi desastrosa e lembrou que o dinheiro na conta não foi fruto da economia de Nado e sim da repatriação federal, portanto, não há mérito algum, pois esse dinheiro foi enviado para todos os municípios brasileiros.
“Para ser elogiado de verdade, Nado tinha que ter economizado e pago aos servidores com recursos próprios, como fez Sandro e Júnior. O que ele fez foi deixar dívidas para a nova gestora”, alertou Jaelson.
A prefeita Mônica disse que só vai se pronunciar sobre pagamentos quando tiver acesso as contas da Prefeitura.

0 comentários:

Postar um comentário